Pular para o conteúdo principal

Introdução a uma verdade afro

Vocês dizer-se-ão surpreendidos!
isso é o resultado de tanto tempo estudando o inimigo
que só olha pro próprio umbigo
diz que sua democracia é equilíbrio
mas do nosso lado da balança
o cotidiano é sempre sofrido
tem nada não, 

a cada derrota sofrida nos levantamos e nos reerguemos
compartilhando a positiva superação, sim nós podemos.
agora contemplem o problema que criaram pra vocês
negros de todos os cantos, mulheres, homens, pobres, heteros e gays
negros se reorganizando, questionando suas hipócritas leis
racistas e hipócritas que esbravejam civilidade
civilidade com a polícia é só pra quem tem notas
essa é a verdade
sistema fascista, só joga quem tem dinheiro
foda-se o povo brasileiro, a missão é Lucrar
sonho de caucasiano ladrão é carnaval o ano inteiro.
plano de governo pro povo negro:
  


- todos leões de chácara!
engravatados e ou fardados ,
trabalharão no plano de extermínio da
própria etnia, da própria raça.
omitiremos a informação, negaremos a
educação
proibiremos de terem história, não daremos
chance de rebelião
Convenceremos através da Tv
que é melhor trabalhar muito, não se
aposentar e obedecer
assim vão gastar tudo em nossas mercadorias
engrenagem fundamental do sistema vai sempre
nos favorecer!
nas vilas o nosso sangue escorre de graça.
criam seus “Casa Grande” né, eu sei
Pelé, Alexandre Pires e Fernando Holi day.
disseram pra eles que por terem menos
melanina ou serem ricos
não são negros, são morenos, parecidos com
vocês.
louco seu jogo, perverso o desatino
mas suponhamos que exista um vírus
pedras de Ururaí no seu caminho
cantaremos
- esqueceram da sua herança genética
a herançadiáspora de seus tataravós
que mesmo em meio ao caos, nunca negaram voz
Salve a todos os nosso griots, de África à
literatura periférica, Nois.
eis nóis vírus, veneno pro seu sistema
negros que conhecem a própria história
entendem o seu perverso esquema
  

caguetando seu esquema funesto de proceder
alertando para a verdade
que ninguém aqui se parece com você
que não somos iguais
você doutrina através dos jornais e da tv
que vocês não tem representatividade
que são a minoria nesse país
que o que nos difere de vocês, é simples.
homem, branco, hetero, rico
vocês são o fruto cauco, doente, da árvore
da humanidade.
e que nós, guardamos sua dívida e história
somos diapora Africa, a raíz.
  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Negação e o Direito de Imagem

Por muito tempo eu não me via, só projetava uma imagem não sabia que existia, no espelho via miragem tinha que atingir um padrão,mudar pra ser aceito reclamava com Deus por ter nascido preto fazia o que eles queriam mas não me sentia bem sentia que não era eu, tentava ser outro alguém minha mãe, sem saber o que fazer pra resolver o problema deixava eu passar Hene alisava o cabelo queria ser astro de rock minha autoestima dilacerada podia ser tudo , menos ser negro, pode?a sociedade me dizia e eu ouvia calado até o dia que na escola por ser negro fui espancado demorou um certo tempo pra eu descobrir que nós somos os uns dos poucos heróis deste país e que se eu tô vivo hoje rimando pra vocês aqui é que devo a minha vida ao rei chamado Zumbi sou seu filho, súdito, e carrego pra sempre o seu legado do sistema de escravidão da mente eu fui resgatado e agora não deixo quieto não posso deixar barato ainda vejo a maioria do meu povo de cabelo alisado tá errado! se não tiver autoestima. vocês são l…